Google+

9 de set de 2013

Esquemas de cores acromático, neutro e monocromático

# Combinação de cores (parte 1)


O Camarina Studio vai trazer essa semana uma série a respeito de esquemas de combinação de cores, que provavelmente é a primeira das dúvidas na escolha da decoração. Começamos pelos tipos mais comuns, que são: acromático, neutro e monocromático.

ESQUEMA ACROMÁTICO: Utiliza-se de pretos, tons da família do branco (off-white, gelo, barbante etc.) e tonalidades do cinza. Esse tipo de esquema chama-se acromático pois branco, preto e cinza não são considerados cores propriamente ditas. Esse esquema costuma agradar bastante aos homens.



ESQUEMA NEUTRO: Utiliza cores e tons da natureza como areia, barbante, palha, algodão, canela, etc. É o tipo de combinação mais comum quando se quer agradar a todos os gostos e por isso é recomendado para imóveis para venda, locação e hospedagem. Para residências particulares, pode acabar tornando o ambiente sem personalidade. Apesar de ser visualmente simples (sem surpresas), a combinação neutra necessita de um estudo detalhado. (Saiba mais na postagem: Se é neutro, não tem erro?)

Ver fonte
Entender os esquemas acromático e neutro ajudam a montar um bom fundo de tela para uma posterior escolha de cores. Esses esquemas dão uma boa base de fundo para quando se quer ousar em objetos de decoração.

ESQUEMA MONOCROMÁTICO: Utiliza-se neste esquema uma única cor, que pode ser intercalada por branco, preto e tons de cinza. Quando esse tipo de esquema é o desejado, recomendo usar diferentes tonalidades da mesma cor, para trazer mais naturalidade e conforto visual ao conjunto.

Esse tom de azul fica bem agradável no esquema monocromático.

Ver fonte

Também podemos quebrar o monocromático de maneira pontual, para trazer mais equilíbrio. Na sala  de estar predominantemente amarela a seguir, percebemos tons de verde e vermelho.

Ver fonte
Ver: Combinação de cores (parte 2)

Érica Marina

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...